Número Atual

Vol. 11 N.º 1 (2021): Revista Portuguesa de Educação Artística
					Ver Vol. 11 N.º 1 (2021): Revista Portuguesa de Educação Artística

O presente número da RPEA abre com o artigo "Dinâmicas de formação artística em contexto de ensino superior, como espaços abertos à prática profissional nas artes visuais", de Teresa Matos Pereira e Kátia Sá, o qual se debruçou sobre os processos criativos levados a cabo pelos alunos da disciplina de Projeto em Artes, Tecnologia e Multimédia, do curso de Licenciatura em Artes Visuais e Tecnologias da Escola Superior de Educação do Politécnico de Lisboa. O segundo artigo, da autoria de Rosinda Casais, "O Contragesto do desperdício: a experiência de uma oficina com base na relação entre matéria, pensamento e objeto" analisou a oficina "O Contragesto do desperdício", realizada no XI Congresso de Educação Artística, em 2021, no Funchal, que tinha por objetivo abordar a temática do desperdício como vetor de criatividade e reflexão, através  da exposição de trabalhos de artistas plásticos como Aristide Kouame, Paulo Perdigão, Todd Mclellan, Bernard Bras e Chris Jordan e de arquitetos como Irene Moracia, Oki Sato e Rosinda Casais.

Nos domínios da Educação Musical, Anäis Cerqueira e Adalgisa Pontes relatam em "O corpo como fonte musical num contexto pré-escolar" o projeto de intervenção musical com o objetivo de conhecer o contributo da abordagem rítmica na metodologia de Émile Jacques-Dalcroze. As autoras demonstram que o contributo de Dalcroze é significativo em contexto pré-escolar, uma vez que ao exercitar o sentido rítmico das crianças também se proporciona o desenvolvimento da capacidade de concentração e potencia o desenvolvimento motor.

No artigo de Rachel de Sousa Viana, "O Papel do Ensino de Artes Visuais na Educação do Ambiente Construído", a autora busca responder à questão de como o ensino de Artes poderia incorporar no currículo a Educação do Ambiente Construído, após constatar os esforços de arte-educadores na integração da dimensão estética da arquitetura e da cidade no ensino das Artes Visuais. Em "O Ensino/Aprendizagem do Desenho (Hoje) como uma Zona de Contacto", Joana Rita Gomes Mendonça parte da provocação de que a disciplina de Desenho não é largamente compreendida.

Finalmente, o ensaio "Introducción a la Escultura Cinética; Contribuciones Latinoamericanas", de Mario Fernando Garcia, procura verificar as contribuições de importantes artistas latino- americanos no domínio do desenvolvimento estético da escultura, bem como analisa o desenvolvimento da escultura no contexto académico regional e equatoriano.

Publicado: 2022-05-25
Ver Todos os Números