Sobre a Revista

 

O Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode publica semestralmente uma revista científica dedicada à educação e às artes. A revista tem como título Revista Portuguesa de Educação Artística (ISSN 1647-905X, versão impressa, ISSN 2183-7481, versão online) e tem como principal propósito divulgar os resultados de investigações e projetos realizados nas diferentes áreas artísticas, desde que direcionados para a educação.

A Revista Portuguesa de Educação Artística (RPEA) aceita artigos sobre qualquer tema do domínio da educação artística, resultantes de investigação original ou de cariz ensaístico, preferencialmente numa das seguintes áreas: Educação Musical, Dança, Teatro, Artes Plásticas, Musicologia e História da Arte. São bem-vindos artigos provenientes de todos os Países de Língua Oficial Portuguesa e, em caso de especial relevância, podem ser aceites textos escritos em inglês. Os artigos propostos não podem ter sido objecto de qualquer outro tipo de publicação. Esta restrição não se aplica a notas de imprensa ou a resumos publicados no âmbito de reuniões científicas. 

A RPEA oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. Assim, todos os artigos são disponibilizados de forma aberta, livre e sem custos para o utilizador.

Chamada de trabalhos

Revista Portuguesa de Educação Artística (RPEA) Volume 12, Números 1 e 2 (2022)

Revista Portuguesa de Educação Artística (RPEA) convida a todos os interessados a enviarem propostas de artigos inéditos sobre qualquer tema do domínio da educação artística, resultantes de investigação original ou de cariz ensaístico, preferencialmente nas áreas da Educação Musical, Dança, Teatro, Artes Plásticas, Musicologia e História da Arte.

Para o próximo volume, a RPEA também convida a submissão de trabalhos para dossiê temático sobre o currículo e as estratégias pedagógicas no ensino da música, dança, teatro, artes plásticas, musicologia e história da arte.

São bem-vindos os artigos provenientes de todos os Países de Língua Oficial Portuguesa e, em caso de especial relevância, poderão ser aceites trabalhos em língua inglesa e espanhola.

As propostas devem ser enviadas para o e-mail:  paulo.esteireiro@edu.madeira.gov.pt .

Para mais informações sobre as normas de publicação, consultar o site  http://rpea.madeira.gov.pt/.

 

Base de dados internacionais

 

A Revista Portuguesa de Educação Artística é Indexada e Referenciada pelas seguintes base de dados internacionais de publicações periódicas científicas:

ERIHPLUS - European Reference Index for the Humanities and Social Sciences.

LATINDEX -Sistema Regional de Informação para as Revist

as Científicas da América Latina, Caribe, Espanha e Portugal.

DOAJ - Directory of Open Access Journals.

REDIB - Red Iberoamericana de Inovación y Conocimiento Científico.

MIAR - Matriz de Información para Análisis de Revistas.

OAJ - Open Academic Journals Index.

SIS - Scientific Indexing Services.

CAPES - Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

RCAAP - Repositorios Científicos de Acesso Aberto em Portugal.

 

Política de revisão por pares

Os artigos submetidos são inicialmente avaliados por membros da equipa editorial e os considerados adequados são submetidos ao parecer técnico de pelo menos dois revisores externos, de forma anónima, selecionados entre os membros do Conselho Consultivo da RPEA.

A revisão é feita anonimamente, podendo os revisores propor a rejeição, aceitação sem modificações ou propor alterações de conteúdo ou de forma, condicionando a publicação do artigo às mesmas.

 

Política de  Acesso Aberto

A Revista Portuguesa de Educação Artística é um periódico de acesso aberto. Todos os trabalhos estão licenciados pela Creative Commons 4.0. e toda comunidade científica e académica tem acesso sem restrições aos conteúdos. Os trabalhos publicados podem ser baixados, impressos, lidos, citados, tendo em conta que não se cobra nenhum imposto ou taxas pelos encargos de submissão, revisão por pares, publicação, distribuição e disponibilização na internet. A Revista oferece acesso livre e imediato ao seu conteúdo, seguindo os princípios da disponibilização gratuita do conhecimento científico e da democratização mundial do conhecimento.