Vol. 11 N.º 2 (2021): Revista Portuguesa de Educação Artística

					Ver Vol. 11 N.º 2 (2021): Revista Portuguesa de Educação Artística

O atual número da RPEA reúne um conjunto de artigos do eixo atlântico, que demonstram a vitalidade da investigação no domínio das artes e da educação, em países como Brasil, Angola, Portugal e Reino Unido.

O primeiro artigo volta a trazer para o debate a comparação entre os regimes articulado e supletivo no Ensino Artístico Especializado de Música em Portugal, através da realização de um estudo exploratório que parte de percepções de alunos do Conservatório - Escola Profissional das Artes da Madeira. 

Segue-se o artigo “Dixiland”: Domingos Vilaça e o Primeiro Disco Comercial de Jazz Gravado por Músicos Portugueses, onde o investigador e professor José Manuel Amaro de Menezes tem como principal propósito compreender como um músico de formação clássica abordou musical e criativamente a tarefa da gravação de um disco de jazz.

Após dois artigos na área da música, segue-se o trabalho de Nádia de Abreu Bengo, com o título Estágio Profissional Supervisionado: Percepção do Estagiário de Teatro. Trata-se de um estudo  qualitativo,  baseado  na  metodologia  Investigação-Ação  que pretendeu  identificar  boas  práticas  de  supervisão na área do teatro.

O artigo seguinte regressa à música e às relações entre Portugal e Inglaterra, em torno do instrumento musical Machete. A investigadora e tocadora de ukulele e guitarra Samantha Muir traz-nos uma perspetiva britânica sobre o Machete da Ilha da Madeira, realizando uma sistematização da literatura sobre este instrumento.

Do Brasil, chega-nos o artigo Intertextualidade na Imagemização: Uma Abordagem para o Ensino de Arte, de investigadoras ligadas à Universidade do Estado de Santa Catarina, que apresentam uma pesquisa desenvolvida em campo, numa escola pública do interior da Ilha de Santa Catarina, sul do Brasil, em 2018, que toma como marco teórico e metodológico o fenómeno linguístico da intertextualidade.

Finalmente, após uma perspetiva britânica sobre o Machete da Ilha da Madeira, o artigo O Gênero Musical Fado: Um Ensaio em sua Trajetória, Lacunas, Mutações e Partilha desde o Fim da Ditadura Salazar até ao Século XXI traz-nos uma perspetiva brasileira sobre o fado, onde se apresenta em forma de ensaio uma reflexão sobre a adaptação do fado à contemporaneidade.

A atual RPEA termina com uma resenha de Teresa Eça sobre a edição de libretos de ópera italiana em chinês, organizada por Stella Guo Chen e Carlo Alberto Petruzzi (Eds.).

Publicado: 2022-12-02