Este artigo tem como objetivo uma melhor compreensão da relação que se estabelece entre os professores de instrumento (ou canto) e os seus alunos no contexto da aula individual em Portugal e descobrir se esta relação tende a afetar o percurso pedagógico-musical dos alunos, verificando qual a possível ligação entre ambos. Para tal realizou-se um questionário a professores e outro a alunos, que foram distribuídos em quatro conservatórios portugueses. Os resultados foram analisados com o programa de estatística SPSS 19. Na discussão verificou-se que em Portugal tanto a maioria dos professores como dos alunos tem a perceção de partilhar uma relação satisfatória, afirmando os professores que se sentem realizados na sua profissão e os alunos que se sentem motivados e com confiança nos seus professores. Ambos concordam com a premissa que esta relação é de extrema importância para a boa evolução do aluno como músico, tal como os livros e estudos consultados para a base teórica deste artigo nos indicam.

Publicado: 2012-09-07

Artigos

Ensaios