O Contragesto do Desperdício. A Experiência de uma Oficina com Base na Relação entre Matéria, Pensamento e Objeto

Autores

  • Rosinda Casais aluna de doutoramento em Educação Artística da FBAUP (Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto)

Palavras-chave:

Lixo; Desperdício; Matéria; Objeto; Gesto

Resumo

O contragesto do desperdício. A experiência de uma oficina com base na relação entre matéria, pensamento e objeto” analisa a oficina “O contragesto do desperdício” realizada no XII Congresso de Educação Artística, em 2021, no Funchal. Esta expôs reproduções de alguns trabalhos de artistas plásticos como Aristide Kouame, Paulo Perdigão, Todd Mclellan, Bernard Bras e Chris Jordan e de arquitetos como Irene Moracia, Oki Sato e Rosinda Casais, para abordar a temática do desperdício como vetor de criatividade e reflexão.Começou por substituir a ideia de lixo pela de desperdício e organizou-se em 3 momentos: ‘I. objeto sem contexto’ analisou o desperdício como origem para materiais e ideias, ‘II. leitura do objeto’ salientou o trabalho de experimentação, descoberta e comunicação, ‘III. meios de abordagem’ distinguiu prioridades na abordagem da matéria.Com vista à aplicação prática, por parte dos participantes da oficina, dos princípios teóricos e à exemplificação para qualquer outro tipo de material, em modo online síncrono, nesta utilizou-se materiais
facilmente acessíveis.

Downloads

Publicado

2022-05-25