Estudo Exploratório acerca do Abandono Escolar no Ensino Artístico Especializado (Regime Supletivo)

  • Carlos Gonçalves INET (md) – Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (FCSH-UNL) – Polo CIPEM (IPP)
  • Robert Andres INET (md) – Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança (FCSH-UNL) – Polo CIPEM (IPP)
  • Rúben Sousa Conservatório – Escola das Artes da Madeira
  • Micaela Campanário Conservatório – Escola das Artes da Madeira
Palavras-chave: Conservatório – Escola das Artes da Madeira, Regime Supletivo, Ensino Vocacional da Música, Abandono Escolar, Insucesso Escolar.

Resumo

Este artigo aborda o abandono escolar no ensino vocacional de música em regime supletivo, e foi realizado no Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, utilizando métodos de pesquisa quantitativa. Foram aplicados questionários aos vários grupos participantes (alunos, encarregados de educação e professores) e tratados estatisticamente, para se tentar cumprir com os objetivos do estudo: 1) analisar as causas atribucionais para a inscrição nos cursos de música do Ensino Artístico Especializado; 2) apurar possíveis correlações entre variáveis; 3) perceber até que ponto a inscrição no Ensino Artístico Especializado fundamenta-se na convicção vocacional do aluno; 4) a partir da análise das razões principais para o abandono, identificar as áreas de intervenção prioritárias e os fatores conducentes à permanência nesta área artística. Da discussão destes resultados emergem algumas recomendações no sentido de promover o prosseguimento de estudos dos alunos no Ensino Artístico Especializado.

Publicado
2019-04-29