Sem Título (ou ainda Pensando um Título)

Autores

  • Rita Rodrigues Escola Secundária Francisco Franco

DOI:

https://doi.org/10.23828/rpea.v8i2.109

Palavras-chave:

Globalização, Ensino, Currículo, História, Arte, Cultura

Resumo

A História da Arte não é mais uma listagem simples de artistas, obras e estilos / movimentos artísticos. Valoriza uma narrativa humanística com investigação das fontes documentais, escritas e iconográficas, e, essencialmente, provoca o debate crítico sobre os contextos históricos, culturais e sociais da produção e fruição da arte, sempre numa perspectiva contemporânea.
Perante novos paradigmas da produção e fruição da arte, e num tempo que predomina a globalização / mundialização, é necessário repensar as práticas e metodologias de ensino dos programas curriculares.
Partimos de um exemplo da disciplina de História da Cultura e das Artes (Ensino Secundário) para problematizar questões sobre o processamento de informação curricular destinada a um aluno cada vez mais globalizado (ou já cidadão do mundo).
Como atender à dicotomia local/global e/ou global/local no mundo das aprendizagens?

##submission.downloads##

Publicado

2019-04-29