Narrativas da Educação Estética – Num Algures Global

  • Carlos Valente Universidade da Madeira
Palavras-chave: Estética, Ética, Educação, Complexidade;, Globalização

Resumo

Este artigo propõe-se “deambular” por entre diversas teorias do foro estético, artístico e educacional para construir uma narrativa ontológica acerca daquilo que é possível entender, hoje, como educação estética. Para o fazer, apoia-se no comentário a diversos pensadores, tais como G. Lipovetsky, J. Serroy, G. Spivak, E. Morin, J. Dewey, N. Bourriaud e K. Mandoki, com o fim de entender a globalização enquanto conceito complexo, e de que modo este condiciona o nosso entendimento da estética, enquanto área do saber filosófico, mas também enquanto experiência do sensível, ou aesthesis. Mas também este artigo procura, sobretudo, indagar como a educação estética pode agir efetiva e positivamente no mundo global em que vivemos, através de um “olhar” estético contemporâneo, com a sua diversidade de pontos de vista e campos de estudo.

Publicado
2019-04-26